“Ovelhas matando ovelha!”

Destacado

ovelhaA internet é um campo fértil para propagar ideias boas assim como péssimas. Local que se tornou consultório involuntário de psicólogos tendo as publicações como divãs e os que dela acessam os psicólogos, pastores, professores, mestres, doutores… bem, nada contra caso sejam de fato profissionais da área. No entanto, mesmo sendo contra tal utilização, pior ainda são os que se aventuram em dar ou tirar razões e/ou conclusões em assuntos que desconheçam totalmente ou que não tenha domínio.

De muito tempo o Criador já colocou limites “O que, passando, se põe em questão alheia, é como aquele que pega um cão pelas orelhas.” Provérbios 26.17. Continuar lendo

A PÁSCOA, A CEIA DO SENHOR E SEUS REQUISITOS

Toda a comunidade de Israel terá que celebrar a Páscoa.” Êxodo 12:47

 

[14] Quando chegou a hora, Jesus e os seus apóstolos reclinaram-se à mesa. [15] E disse-lhes: “Desejei ansiosamente comer esta Páscoa com vocês antes de sofrer. [16] Pois eu lhes digo: Não comerei dela novamente até que se cumpra no Reino de Deus”. [17] Recebendo um cálice, ele deu graças e disse: “Tomem isto e partilhem uns com os outros. [18] Pois eu lhes digo que não beberei outra vez do fruto da videira até que venha o Reino de Deus”. [19] Tomando o pão, deu graças, partiu-o e o deu aos discípulos, dizendo: “Isto é o meu corpo dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”. [20] Da mesma forma, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue, derramado em favor de vocês.” Lucas 22:14-20

 

Os textos citados encontram-se correlacionado com os de Mateus 26.17-30, Marcos 14.12-24 e 1º Coríntios 11.23-29.  A versão utilizada para a presente reflexão é a NVI da Editora Vida (Almeida Edição Contemporânea).

Para uma melhor compreensão, dividimos o evento em duas partes. Primeiro temos a páscoa e após a instituição da Ceia.

I – A PÁSCOA

the-passoverA Páscoa, instituída por Deus conforme registrada em Êxodo 12, logo após a décima praga derramada sobre o Egito e consistia de uma cerimonial familiar que marcaria para sempre a vida de seus participantes e tornaria uma ordenação judaica para a posteridade.

Etimologicamente a palavra significa “passagem” ou “passar sobre” (hb. Pêssach) referindo ao anjo que fora enviado para matar todos os primogênitos do Egito. Assim, os que haviam recebido a instrução e a seguissem estariam livres da fatalidade, pois, o sangue do cordeiro pascal seria aspergido nos umbrais da porta identificando os que deveriam ser excluídos da terrível punição. Continuar lendo

ESTAMOS DE LUTO…

choro

Mais uma tragédia se abate sobre a família brasileira.

Estamos sempre de luto. Nos EUA são os loucos desvairados que de arma em punho as descarregam ceifando vidas inocentes. Alguns países é a fome que pela ganância de uns matam os outros. Em outros é a intolerância religiosa. Os tsunamis que devastam países, os furacões que devoram tudo que encontram, vendavais, enchentes, terremotos, maremotos… enfim, estamos rodeados de tragédias. Algumas anunciadas outras nem tanto. Estamos sempre de luto!

Muitos acham que nunca ocorrerão consigo ou com algum parente ou amigo e fazem julgamentos terríveis. Ora, somos uma raça só. A dor da família do coreano, árabe, japonês, africano, que é morto por uma tragédia deve ser a minha dor. Continuar lendo