TATTO: SERÁ QUE VOCÊ SABE MESMO O QUE É?

Após absoluttattoo-de-beija-floro sucesso e esgotamento rápido da primeira edição, o Pr Jairo Cavalcante nos brinda com a 2a Edição do livro grafado no tema.
Com ideias organizadas e claras, linguagem simples (não vulgar), didático e profundas reflexões o autor nos desafia a pensarmos o que há por trás deste estranho desejo. Continuar lendo

A PÁSCOA, A CEIA DO SENHOR E SEUS REQUISITOS

Toda a comunidade de Israel terá que celebrar a Páscoa.” Êxodo 12:47

 

[14] Quando chegou a hora, Jesus e os seus apóstolos reclinaram-se à mesa. [15] E disse-lhes: “Desejei ansiosamente comer esta Páscoa com vocês antes de sofrer. [16] Pois eu lhes digo: Não comerei dela novamente até que se cumpra no Reino de Deus”. [17] Recebendo um cálice, ele deu graças e disse: “Tomem isto e partilhem uns com os outros. [18] Pois eu lhes digo que não beberei outra vez do fruto da videira até que venha o Reino de Deus”. [19] Tomando o pão, deu graças, partiu-o e o deu aos discípulos, dizendo: “Isto é o meu corpo dado em favor de vocês; façam isto em memória de mim”. [20] Da mesma forma, depois da ceia, tomou o cálice, dizendo: “Este cálice é a nova aliança no meu sangue, derramado em favor de vocês.” Lucas 22:14-20

 

Os textos citados encontram-se correlacionado com os de Mateus 26.17-30, Marcos 14.12-24 e 1º Coríntios 11.23-29.  A versão utilizada para a presente reflexão é a NVI da Editora Vida (Almeida Edição Contemporânea).

Para uma melhor compreensão, dividimos o evento em duas partes. Primeiro temos a páscoa e após a instituição da Ceia.

I – A PÁSCOA

the-passoverA Páscoa, instituída por Deus conforme registrada em Êxodo 12, logo após a décima praga derramada sobre o Egito e consistia de uma cerimonial familiar que marcaria para sempre a vida de seus participantes e tornaria uma ordenação judaica para a posteridade.

Etimologicamente a palavra significa “passagem” ou “passar sobre” (hb. Pêssach) referindo ao anjo que fora enviado para matar todos os primogênitos do Egito. Assim, os que haviam recebido a instrução e a seguissem estariam livres da fatalidade, pois, o sangue do cordeiro pascal seria aspergido nos umbrais da porta identificando os que deveriam ser excluídos da terrível punição. Continuar lendo

A Agenda de DEUS

 

Agenda de DeusDeus tem uma  preocupação com toda a Sua criação, para tanto Ele criou aquilo que se pode chamar, ´´A Agenda Divina“. Esta agenda é composta:

  • Por tudo aquilo que Ele criou (Gn 1.1),
  • Por  tudo aquilo que tem vida e com o qual Ele fez uma aliança (Gn 9.17),
  • Por  Sua Preocupação com o destino das nações (Gn 22.18),
  • E pelo sangue que Jesus derramou  para  restaurar a criação (Cl 1.20).

Nós fomos redimidos por Jesus Cristo, e nada mais necessita ser feito com relação a redenção, ela foi completa  na Cruz. Contudo,  restauração é um processo que diz respeito a Tudo o que foi partido na Queda, e somente se tornará  completa na Vinda de Jesus Cristo. Continuar lendo

Missões e a obra da Criação

Missões e a obra da Criação

Deus, Criador e Senhor de toda a criação, através de sua infinita generosidade, convoca todos os seus filhos, ´´Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus“ (Jo.1.13) para continuarem Sua obra. O qual tem muitas dimensões, as quais foram ampliadas em seu alcance, devido a entrada do pecado no mundo, ´´Pelo que, por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram“(Rm.5.12), a deteriorização promovida pelo Pecado, alcançou não somente o ser humano pela morte, como ser Biológico, mas o mesmo como ser Espiritual, Psicológico e Social, porém, todo o planeta foi alcançado ´´Porque a criação ficou sujeita a vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou“(Rm.8.20). Por isto, pode se dizer que a Missão da Igreja de Cristo, o qual tem como grande prioridade, a missão de ´´Ir por todo mundo e pregar o Evangelho a toda criatura``(Mc.16.15), também deve ter a preocupação de continuar a obra divina procurando restaurar o planeta nas dimensões Social e Ecológica.

Como o relato da criação pode ensinar os filhos de Deus a ampliarem sua visão no que diz respeito a obra missionária? Continuar lendo

Tempo de Missōes

MISSÕES E A OBRA DA CRIAÇÃO

DEUS, Criador e Senhor de toda a criação, através de sua infinita generosidade, convoca todos os seus filhos, ´´Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus“ (Jo.1.13) para continuarem Sua obra. O qual tem muitas dimensões, as quais foram ampliadas em seu alcance, devido a entrada do pecado no mundo, ´´Pelo que, por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram“(Rm.5.12), a deteriorização promovida pelo Pecado, alcançou não somente o ser humano pela morte, como ser Biológico, mas o mesmo como ser Espiritual, Psicológico e Social, porém, todo o planeta foi alcançado ´´Porque a criação ficou sujeita a vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou“(Rm.8.20). Por isto, pode se dizer que a Missão da Igreja de Cristo, o qual tem como grande prioridade, a missão de ´´Ir por todo mundo e pregar o Evangelho a toda criatura``(Mc.16.15), também deve ter a preocupação de continuar a obra divina procurando restaurar o planeta nas dimensões Social e Ecológica.

Como o relato da criação pode ensinar os filhos de Deus a ampliarem sua visão no que diz respeito a obra missionária? Continuar lendo

Tempo de Missōes

Introdução:

DADOS SOBRE MISSÕES MUNDIAIS

Ao tratar sobre Missões é importante termos uma rápida idéia daquilo que realmente a tarefa do Ide engloba. Para iniciar, serão apresentadas alguns dados e desafios relacionados a esta sublime, mas difícil obra.

Quais são as estatísticas básicas no que se refere a Missões  e que nos levam a desejar entender melhor sobre esta tão importante tarefa. Continuar lendo